Scroll Top
FALA SUPER! PEGA ESSA... 10% DE DESCONTO 1ª COMPRA UTILIZE O CUPOM: 1PEDIDOVS APROVEITE JÁ!

Como melhorar a competitividade no supermercado

Com os inúmeros desafios enfrentados no varejo, é muito importante pensar em estratégias para melhorar a competitividade no supermercado.

Cada vez mais, são percebidas mudanças no comportamento dos consumidores. Atualmente, além do custo-benefício, a comodidade e a preocupação com o consumo sustentável passam a ter mais força nas decisões de compra no varejo. Por isso, é muito importante pensar em estratégias para melhorar a competitividade no supermercado.

E como tornar o supermercado mais competitivo?

Será que, em meio a tantas transformações, haverá espaço para todos os tipos de supermercados? Ou ainda, será que todos conseguirão acompanhar a velocidade dessas mudanças para atender às novas demandas dos consumidores?

Essas são algumas dúvidas frequentes, principalmente entre os empreendedores que possuem comércio de pequeno ou médio porte. Pois saiba que, independentemente do tamanho do estabelecimento, há ações que, se bem executadas, podem melhorar bastante a competitividade do supermercado. Continue a leitura e conheça algumas delas!

A importância da tecnologia e de novos canais de vendas

Tradicionalmente, os pequenos e médios supermercados não costumam investir muito em tecnologia, pelo fato do custo elevado e por, realmente, não necessitarem tanto desses recursos quanto as grandes redes.

No entanto, as compras online, que já vinham crescendo antes da pandemia, tomaram mais velocidade com as medidas sanitárias de restrição da circulação. Segundo o portal Terra, uma pesquisa recente encomendada pela empresa norte-americana Freshworks em dez países mostrou que o Brasil é o que mais migrou para compras online. O estudo aponta que a média brasileira de pessoas que migraram para o e-commerce é de 70%, contra 48% nos outros países.

E as novidades na forma de consumo dos brasileiros não param por aí. A pesquisa ainda demonstrou que 69% dos entrevistados pretendem continuar comprando de forma digital, mesmo depois da pandemia.

Por tudo isso, investir em tecnologia (como estrutura para e-commerce) e em canais alternativos de vendas (como o WhatsApp Business, por exemplo) é muito importante nesse momento.

A procura por conveniência

A crise agravada pela pandemia fez com que muitos consumidores revissem seus hábitos de consumo. Nesse sentido, muitos trocaram os supermercados tradicionais por atacarejos; outros, deram chance às marcas próprias dos estabelecimentos, razoavelmente mais baratas do que as de fabricantes tradicionais.

No entanto, isso não significa que outras estruturas de comércio não tenham espaço. Ao contrário, com a falta de tempo devido à rotina agitada, há uma parcela da população (de maior poder aquisitivo) que prefere fazer as suas compras em supermercados de bairro, menos movimentados e com atendimento mais personalizado.

Além de um fluxo mais tranquilo de pessoas, muitos desses estabelecimentos menores oferecem produtos diferenciados, que não são encontrados em atacarejos ou grandes redes. Portanto, a conveniência também é uma forma de diferenciação diante da concorrência para tornar o varejo mais competitivo.

A qualidade do atendimento

Seja qual for a estratégia adotada pelo supermercado (tecnologia, baixo custo ou diferenciação), uma coisa é certa: o sucesso dependerá de profissionais qualificados e bem treinados.

Se o foco for a tecnologia, para prestar um bom atendimento no e-commerce é necessário ter uma retaguarda que garanta suporte técnico ao cliente, se necessário. Já no caso de uma estratégia de baixo custo (como atacarejos), há diversos pontos fundamentais que devem funcionar bem, de modo a evitar rupturas de estoques e garantir um bom atendimento no PDV.

Por fim, se o foco for diferenciação, é fundamental contar com uma equipe que conheça bem os produtos, para poder proporcionar a melhor experiência de compra possível ao cliente.

A utilização eficiente das redes sociais

Utilizar de forma eficiente as redes sociais também ajuda a melhorar a competitividade no varejo. Por esses canais, é possível criar promoções exclusivas, divulgar os diferenciais do supermercado, além de oferecer diversos conteúdos.

Dependendo do caso, pode ser interessante contratar profissionais para cuidar dessa tarefa. Além de pensarem nos melhores conteúdos, eles conseguem monitorar o alcance e a efetividade das publicações.

Essas foram algumas dicas para ajudar a melhorar a competitividade no supermercado. Para mais conteúdos como este, acompanhe o blog da Visual Super e siga-nos no Facebook e Instagram!

Adicionar comentário

You must be logged in to post a comment.
Preferências de privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Tenha em atenção que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar a sua experiência no nosso website e nos serviços que oferecemos.
Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá
Podemos ajudá-lo?