falta de produtos nos estoques do supermercado
Ruptura de estoque: saiba o que é e como lidar com esse problema

A ruptura de estoque é um dos principais problemas que afastam os clientes do supermercado. Neste artigo, saiba o que significa e como evitá-la para que o seu negócio não seja prejudicado. Continue a leitura!

O que é ruptura de estoque?

Sabe quando você está fazendo as suas compras no supermercado e não encontra aquela marca que costuma consumir? Ou então quando algumas prateleiras estão vazias? A essa falta de mercadorias se dá o nome de ruptura de estoque.

Nem é necessário dizer que isso é muito prejudicial para o negócio, não é mesmo? Afinal, quando não encontra os produtos que procura, o cliente fica frustrado. Muitas vezes, em vez de levar uma marca alternativa, acaba indo a outro supermercado e, se o problema ocorrer novamente, pode ser que ele nem retorne ao estabelecimento onde costumava comprar.

E como evitar esse problema?

Para que isso não aconteça no supermercado, é necessário agir no sentido de corrigir os motivos que levam à ruptura. Alguns deles são os seguintes:

1 – Erros na previsão de demanda

Prever corretamente a demanda dos produtos é uma tarefa complexa que necessita da análise de diversas variáveis.

Alguns itens demoram mais a serem entregues pelos fornecedores do que outros. Nesses casos, a equipe de compras já deve prever o estoque de cobertura junto com o pedido principal, de modo que não se corra o risco desses produtos acabarem e não serem repostos a tempo.

Outro erro é quando os compradores não consideram a ruptura de estoque de determinado item para fazer o pedido, ou seja, levam em conta somente o histórico de vendas, sem mensurar os impactos do período em que ficou faltando determinado produto. Quando isso acontece, possivelmente ocorrerá uma nova ruptura do mesmo item.

2 – Falta de controle de estoque

O problema da “prateleira vazia e estoque cheio” ocorre com mais frequência do que deveria nos supermercados. Muitas vezes, faltam produtos nas prateleiras, não porque eles não estão no estoque, mas por puro descontrole dos itens e falta de atenção com a reposição.

Por isso, é muito importante ter um controle de estoque eficiente no supermercado.

3 – Má organização das gôndolas

Além do problema da falta de estoques e da negligência à reposição dos itens, há também a má organização das gôndolas. Os produtos precisam estar nos lugares certos, com os preços corretos e visíveis para o público que efetivamente interessa. Caso contrário, haverá ruptura e as vendas serão prejudicadas. 

4 – Falta de atenção aos efeitos das promoções

É comum que, após uma promoção, alguns clientes continuem a consumir a marca promovida e deixem de comprar os produtos da concorrência. No entanto, muitos supermercados não medem os efeitos das promoções no comportamento dos consumidores.

Se o estabelecimento não percebe essa migração do cliente para outras marcas, em algum momento faltará o produto que passou a ter a preferência da maioria. Esse é outro motivo frequente de desabastecimento de determinados itens nos supermercados.

5 – Estoque em excesso de produtos que não são prioridades

Esse problema é mais comum nos supermercados que possuem menos espaço para o armazenamento dos estoques.

No intuito de conseguir melhores preços para rentabilizar mais as vendas, é natural que seja negociado um volume de compras maior de determinado item. No entanto, se não houver espaço físico no estabelecimento que comporte o aumento desse produto, algum outro terá a sua compra sacrificada para que ele possa ser guardado. Isso também causará desequilíbrio nos itens das gôndolas, pois alguns produtos faltarão, enquanto outros sobrarão.

Nesses casos, mesmo que a negociação de preços seja interessante, é importante avaliar se o preço mais baixo compensará o desabastecimento. O que, em um primeiro momento, parece economia para o supermercado, pode se tornar um problema de baixo giro de estoques no futuro.

Se você ficar atento a estes cinco pontos, certamente reduzirá as chances de ruptura de estoque no seu supermercado. Continue acompanhando o nosso blog e fique por dentro de mais conteúdos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *