Imagem mostra mulher realizando compras online no supermercado.
Como aproveitar a tecnologia no supermercado

Há tempos já se vem falando da mudança de hábitos dos consumidores. Mesmo antes da pandemia, o e-commerce já crescia até mesmo entre os clientes tradicionais, que não dispensam uma ida ao estabelecimento comercial para as compras físicas. Por causa disso, é muito importante saber como a tecnologia no supermercado pode ser útil para tirar proveito dessas novas tendências.

E como aproveitar a tecnologia no supermercado?

A seguir, veja como as inovações tecnológicas podem auxiliar no resultado do varejo.

1 – Gestão de clientes

A mudança de hábito dos clientes não se resume à maior procura pelas compras online. Aliado a isso, veio um novo padrão de consumo, com mais foco na qualidade e fracionamento das compras mensais.

Nos últimos anos, percebe-se que o fator preço passou a ter menor peso na decisão de compra dos clientes nos supermercados. Não que isso não seja mais importante, ao contrário, com o agravamento da crise causada pela pandemia, vimos a ascensão das marcas próprias nos supermercados, que são bem mais em conta para os clientes.

Ocorre que, apesar da crise, o preço não é mais o principal determinante das vendas. Atualmente, fatores como qualidade e comodidade passaram a ter mais peso na experiência de compra das pessoas.

Sabendo disso, é possível utilizar a tecnologia no supermercado a favor das vendas para ações voltadas ao público-alvo. Quem deseja comodidade, vai se interessar por compras pelo site ou pelo WhatsApp Business, por exemplo. Além disso, as redes sociais do supermercado também são importantes canais de comunicação com o consumidor. Enfim, a tecnologia proporciona a oportunidade de gerir melhor o relacionamento com os clientes. Ao trabalhar bem esses meios, o supermercado consegue alavancar as vendas de forma eficiente.

2 – Gestão de estoques

Tão importante quanto desenvolver boas estratégias de vendas, é fazer uma gestão eficiente dos estoques do supermercado. Afinal, de nada adianta o uso da tecnologia para captar e fidelizar clientes quando não se tem um controle de mercadorias que evite a ruptura de estoque.

A ruptura de estoque pode ocasionar danos gravíssimos ao varejo. Isso porque ela afeta negativamente a experiência de compra do cliente e pode prejudicar a reputação do estabelecimento. Saiba mais sobre esse problema no artigo abaixo.

Ruptura de estoque: saiba o que é e como lidar com esse problema – Visual Super

Uma das formas de evitar a ruptura de estoque é com um programa de controle de estoques integrado ao sistema de vendas. Dessa forma, as informações sobre os itens poderão ser facilmente acessadas pela equipe, que terá condições de fazer as reposições mais rapidamente, quando forem necessárias.

3 – Self-checkout

Sistema bastante utilizado em outros países, o self-checkout vem, aos poucos, sendo adotado por mais estabelecimentos comerciais no Brasil.

Trata-se de guichês de pagamento sem os tradicionais caixas. Nesse sistema, o próprio cliente passa as mercadorias por máquinas que leem os códigos de barras sem a intervenção do funcionário do caixa.

O principal benefício do self-checkout é a agilidade no atendimento, que desafoga as filas e melhora a experiência de compra do cliente. Para adotar esse sistema, é preciso ter um software de leitura de códigos de barras eficiente e seguro. Além disso, o supermercado deve ter uma equipe bem treinada e à disposição dos clientes que precisarem de auxílio na hora da utilização do sistema.

4 – Omnichannel

O omnichannel é uma técnica que visa integrar os diferentes canais de vendas.

Imagine a seguinte situação: você precisa comprar determinado item e deseja fazer isso pela internet. Para tanto, você acessa o site do estabelecimento, pesquisa o produto, realiza a compra pelo aplicativo do smartphone e, depois de concluída a compra, vai buscar o produto na loja física.

Perceba que, para fazer uma única compra, você utilizou três canais diferentes: o site da loja, o app do celular e o local físico para retirar a mercadoria. Isso tudo é o omnichannel, e esse sistema só é possível com uma boa integração tecnológica.

Essas foram algumas dicas sobre como a tecnologia pode ser utilizada no varejo. Para mais conteúdos como este, acompanhe o blog da Visual Super e siga nossas redes sociais no Facebook e Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *